Newsletter Cadastre e receba nossas novidade!

Quantos funcionários atuam para o seu core business? Entenda

14/12/2018

Dentro de uma empresa diversos itens são responsáveis por gastos, incluindo os funcionários e toda a equipes de apoio. Assim, há sempre a necessidade de saber quantos deles trabalham diretamente para o core business do local e de que maneira eles podem atuar em prol disso. Também é indispensável economizar. Com as mudanças na lei trabalhista e a terceirização, entenda como esses cálculos funcionam e de que maneira eles passaram a ser feitos.

 

Medir a quantidade de trabalhadores que atuam para o core business pode ser o primeiro passo para entender como anda funcionando a estrutura de trabalho da sua empresa e toda a logística que ela anda fazendo. Mais do que isso, examinar o que será necessário fazer para que ela continue se desenvolvendo dentro do mercado e alcance seus objetivos também é parte do processo. Outro fator importante ao longo desta jornada é o planejamento estratégico, que irá nortear esses passos.

 

O gestor comercial Thiago Santos argumenta que calcular o core business da empresa já não é mais feito da mesma forma que antes. O que faz com que o empresário tenha que optar por outros métodos. Com as mudanças na lei trabalhista e com o aumento da terceirização dentro do ambiente corporativo, esse cálculo passou a não ser mais tão exato quanto antes, exigindo que os gestores de um empreendimento busquem novas formas e caminhos para fazer uma avaliação do seu negócio.

 

Thiago aponta ainda um dos caminhos pelos quais os empresários podem seguir para alcançar esse objetivo. Quem deseja saber sobre os números de core business, mesmo que aproximadamente, deve fazer uma avaliação de seus colaboradores e da maneira que eles estão contribuindo com o produto final da empresa. “É sempre bom o empresário avaliar se os colaboradores estão envolvidos no trabalho final”, relata.

 

Outras formas de calcular o core business

 

Existem ainda outras maneiras de conseguir chegar a esses resultados, que é medindo também a complexidade dos setores da empresa e do serviço prestado, além de todo o volume de trabalho que ela desempenha. Essa avaliação irá proporcionar ao empresário conhecer toda a logística do empreendimento e assim saber quais os setores mais lucrativos e os que podem sofrer modificações.

 

Há também como medir o core business da sua empresa aliando-se com o RH da mesma. Para tal, é possível obter uma mensuração por meio do sistema de registros de pontos dos funcionários ou ainda por uma planilha de controle financeiro do empreendimento, que deve conter os dados de quem trabalha para você. É válido ressaltar que neste modelo é possível calcular tais dados por setor, promovendo um conhecimento ainda mais profundo da sua estrutura.

 

Todos dados levantados com a mensuração do core business vão servir de base para entender os gastos e lucros da empresa e de que maneira todos eles estão sendo ocorrendo, além de quais pontos poderão ser mudados dentro do seu empreendimento e para isso, novos cálculos devem ser feitos, cabendo ao empresário colocar no papel todos os prós e contras das mensurações feitas até então.

 

Voltar para lista de notícias
DIKMA Serviços Gerais Ltda.
Rua 2B, N° 27, Civit II, Serra - ES CEP 29.168.068 Copyright © Todos os direitos reservados.
(27) 3434-1111
Site melhor visualizado na resolução de 1024/768 ou superior
Recomendamos o uso dos navegadores:
Projeto desenvolvido dentro
dos padrões de qualidade:
Desenvolvido pela: